quinta-feira, agosto 02, 2007

Interlúdio

Não sei como explicar mas, de repente, deixei de ter vontade de escrever aqui na net, blogue incluído. Não sei se é mal de longa ou curta duração, não sei se é do Verão, mas o certo é que, de momento, não estou disponível. Posso, no entanto deixar aqui umas dicas sobre o que ultimamente me tem interessado: Em letras - Mia Couto, Teolinda Gersão, Jeanette Winterson e Haruki Murakami; Em músicas - Blues índios, Blues, André Previn e Anne-Sophie Mutter (Num Tango composto por aquele e executado por ambos, entre outras coisas) e o coro dos reformados de Ferreira do Alentejo, com as suas músicas alentejanas do mais puro que há; filmes, na minha sala, "Profissão-Repórter", de Michelangelo Antonioni e "Bug", de Phil May e Matt Manfredi (da série do Fantasporto lançada pelo jornal "O Público"). Tudo entre o Bom e o Excelente.
É bem provável que repegue em algumas destas obras e lhes dedique umas palavras de apreço pelos bons momentos que me proporcionaram e que gostaria de partilhar com a blogos. Mas não vai ser agora - espera-me Morfeu...
'See you around

9 comentários:

Paulo disse...

Votos de um bom repouso em seus braços. O relógio fica a marcar o tempo de espera.
Um beijo, amiga Cigarra.

CigarraJazz disse...

Um beijo, amigo Valquírio e obrigada. Continuarei a visitar-te, claro.

Terpsichore E. M. disse...

Olá Cigarra
Bom repouso! Também ando assim, por toda a espécie de razões... e é o blog para viver e não viver para o blog.
Um beijinho cara Cigarra.

Além disso! É perfeitamente natural ó bela Cigarra. No Verão tens muito que fazer, cantando por esse Portugal (Lisboa?) fora... Não? :)

Terpsichore E. M. disse...

''Lá fora'', o cantar, mas o ''lá fora em Portugal'':)

CigarraJazz disse...

Pois é, cara terpsichore, estou de folga até mais ver, mas fiquei encantada com o seu comentário. Mesmo se não cantar, dá, pelo menos para tocar umas teclas de piano, com inspirações helénicas, mas sempre a tender para o jazz...E é Lisboa a tender para Estoril, mas a alma é entre o fado e o lírio roxo do campo, com passagem a 25% por um ilhéu gracioso.
Um abraço e um bom Agosto, espero que ambas continuemos a aparecer e a blogar, sempre que tal nos der prazer e apetecer.

Paulo disse...

Amiga Cigarra, estou quase de partida... Vou ficar uns tempos sem te visitar. Desejo-te umas óptimas férias, e que venhas com as pilhas recarregadas para contar novidades.
Um beijo. Até ao reencontro.

CigarraJazz disse...

Também te desejo uma óptima viagem e espero que te divirtas e te deslumbres como tu sabes tão bem fazer. Agradecem-se uns registos fotográficos daquelas longínquas paragens.
Bjs. obrigada e até logo!

John Lester disse...

Vamos sentir falta.

Não demore.

CigarraJazz disse...

Obrigada, Lester, por suas amáveis palavras.