sábado, dezembro 20, 2008

Já estou a pensar em Abril

Atenção ao que aí vem em Abril, dia 26 . Na programação da Casa da Música (Porto), sob o tema "Música e Revolução", "The Inside Songs of Curtis Mayfield". Estou determinada a não perder este acontecimento. Amiri Baraka, o poeta, o diseur. Leena Conquest, voz (e dança, segundo consta no programa). William Parker no contrabaixo e arranjos, Hamid Drake na bateria e ainda Lewis Barnes, trompete, Darryl Foster e Sabir Mateen, saxofones e Dave Burrell no piano. Pois é, lá vou "matar" saudades do Porto e conhecer, finalmente (espero) a sua Casa da Música. Curtis Mayfield (1942-1999), foi um músico funky, com uma voz única, que, para além de compositor, inseriu nas suas músicas letras de carácter socialmente interventivo, dando continuidade aos espíritos Malcolm X e Martin Luther King, na denúncia de situações de racismo e abuso de direitos humanos na sociedade norte-americana. Também dentro deste mesmo espírito, Baraka, tem gritado, nos seus poemas, essas mesmas ideias "revolucionárias", acompanhado, regra geral, por músicos da estirpe de William Parker ou de Hamid Drake. Ora, num momento em que se coloca no podium do poder norte-americano o homem de quem se espera a solução para muitos problemas sociais, este concerto terá um sentido de revisão histórica. E a expressão musical deste grupo de músicos de quem tanto gosto deixa-me antever qualquer coisa de imperdível. Vou ver se não falho.

7 comentários:

Paulo disse...

Não fosses tu cigarra. Acabou de começar o Inverno e já pensas em cantorias.

CigarraJazz disse...

Pois é, Paulo. De toda a bastante boa programação da Casa Música para Jazz em 2009, este é mesmo o que me fará lá ir. A menos que também venham cá a Lisboa...

O Pescador disse...

Quer-me parecer que este projecto apresenta o mesmo ecletismo que Double Sunrise Over Neptune (Parker).
Valerá com certeza uma ida lá acima.

CigarraJazz disse...

Não ouvi ainda o album de que me fala, Pescador, mas não tenho dúvidas de que o concerto merecerá a deslocação. Há alguns anos atrás assisti a um concerto de Baraka na Gulbenkian e gostei muito. De William Parker, tenho alguns cds (12) e aprecio a sua capacidade de criar espaço para a recriação do jazz.

Boas Festas e um excelente Ano Novo!

E BOAS pescarias.

2007friend disse...

Este blog é uma grande inspiração musical...mas que tão grande bom gosto...é mesmo um desafio musical...
Venho tb propor o meu desafioo
Um excelente 2009.
Bj

CigarraJazz disse...

Obrigada, 2007friend.É o gosto de partilhar aquilo de que se gosta.
Um óptimo Ano Novo para ti também.

Bjs.

fashion jewelry disse...

how can you write a so cool blog,i am watting your new post in the future!