sexta-feira, março 14, 2008

Ennio Morricone - O Bom, o Mau e o Vilão



Não tenho dúvidas: A banda sonora do filme de Sergio Leone, "Il Buono, Il Brutto, Il Cattivo" (1966)é das melhores e mais peculiares de todos os tempos. E ouvi-la sem ver o filme não lhe tira nada, ao passo que o contrário, o filme sem ela perderia muito. Porque se este filme é magnífico, deve-o, sobretudo, ao brilhante realizador Sergio Leone (Roma,1929-1989), à excelente escolha de actores e sua impecável interpretação, e ao compositor Ennio Morricone (Roma,1928-) que conseguiu, nesta banda sonora, utilizar todos, e somente esses, os sons que traduzem as memórias das pradarias do Oeste Americano, dos seus pistoleiros, do Western que nos habituámos a ver desde sempre, na TV e no Cinema, aqui estilizados e eternizados. O mesmo diria do filme em si, já que, sem desperdício, cada uma das suas imagens eterniza e presta homenagem ao velho Western do cinema americano, e de tal forma lhe vai à essência que lembra uma caricatura muito bem esgalhada daquelas que conseguem retratar tudo o que interessa do objecto retratado - nem mais nem menos - somente isso, que é tudo.
Nunca gostei muito de westerns nem tão pouco sou grande apreciadora do estilo musical de Ennio Morricone, mas não tenho dúvidas de que tanto ele como Sergio Leone, para além da sua histórica colaboração, foram, são e serão sempre dois magníficos, cada um no seu género e os dois em conjunto.

7 comentários:

Paulo disse...

Do que te havias de lembrar...

CigarraJazz disse...

Tens de ver o filme para perceberes o "apanhamento".

O Pescador disse...

Também sou fã da dupla Leone/Morricone. Em 1984 produziram igualmente bons resultados com "Era uma vez na América".

CigarraJazz disse...

Tenho de o rever. Na altura não soube apreciá-lo. "Aconteceu no Oeste" também teve muita graça.

JG disse...

O Pescador já disse o que eu diria quando li o post. Nesse caso, o filme é excelente e a banda sonora perfeita. Ambos completam-se.

Tb gosto muito deste blog.
Obrigado pelo comentário.

CigarraJazz disse...

Obrigada pela visita, jg.

Felipe disse...

A minha preferida de Ennio Morricone é do filme Cinema Paradiso.